R. Conselheiro Araujo, 434 - Sala 11 - Curitiba - PR (41) 3026-0500

Ferramentas e tecnologias disponíveis no marketing

Ferramentas e tecnologias disponíveis no marketing

Sem dúvidas o marketing oferece muitas opções, mas você sabe quais realmente combinam com os objetivos do seu negócio? Para te auxiliar separamos de forma objetiva os pontos fortes e fracos de cada tecnologia do marketing disponível no mercado. Confira:

  • Nome: Marketing Social
  • O que faz? Tenta vender uma ideia.
  • Ponto forte: Tenta promover comportamentos positivos ou inibir os negativos.
  • Ponto fraco: Depende do engajamento ético-social dos indivíduos. Não pode oferecer recompensas se não deixa de ser social e passa a ser assistencialista.

 

  • Nome: Marketing de Relacionamento
  • O que faz? Focado em estratégias pós-vendas tenta realizar novas vendas para quem já adquiriu produtos ou serviços.
  • Ponto forte: Retenção e satisfação do cliente.
  • Ponto fraco: Frequentemente é feito sem ter retorno, e acabam enchendo a caixa de e-mail dos clientes de mensagens ou com telefonemas inconvenientes.

 

  • Nome: Marketing Direito
  • O que faz? Envia mensagens diretamente para o consumidor, sem intermediários.
  • Ponto forte: Contato direto com os possíveis interessados, fácil mensuração dos resultados.
  • Ponto fraco: Pode ser inconveniente na prospecção de clientes, depende de uma equipe de vendas engajada e motivada.

 

  • Nome: Marketing indireto
  • O que faz? Trás uma abordagem mais sútil e menos invasiva, sem CTA (call to action), que é literalmente convidar para uma ação, seja ela compra ou acesso a um site por exemplo.
  • Ponto forte: Mantem a marca na cabeça do consumidor.
  • Ponto fraco: Não convida o consumidor para um CTA.

 

  • Nome: Endomarketing
  • O que faz? Voltado para o ambiente organizacional interno.
  • Ponto forte: Alinha todos os aspectos da empresa entendendo que a satisfação do cliente está intrinsicamente ligada ao atendimento e desempenho dos colaboradores.
  • Ponto fraco: Não faz milagre. Depende de uma aproximação dos níveis hierárquicos, difusão das informações e muitas vezes uma gestão horizontal não é o foco das empresas tradicionais, que preferem uma direção verticalizada.

 

  • Nome: Marketing de Nicho
  • O que faz? Visa atender as necessidades de uma parte do mercado com alto potencial que não está sendo atendida.
  • Ponto forte: Focado nas necessidades de um público estrategicamente selecionado tem grandes chances de sucesso.
  • Ponto fraco: Exige um grande investimento em pesquisas e só funciona se você conhecer profundamente o seu nicho, objetivos, necessidades e produzir conteúdos de qualidade nas plataformas adequadas.

 

  • Nome: Marketing de Fidelização
  • O que faz? Foca na fidelização do cliente, oferecendo produtos, serviços e descontos exclusivos, dentro outras bonificações.
  • Ponto forte: Estimula novas compras.
  • Ponto fraco: As recompensas e brindes não podem ser padrão para todos os valores. É preciso pensar em estratégia única que motive os consumidores a quererem realmente consumir mais.

 

  • Nome: Outbound marketing
  • O que faz? Trata-se do marketing tradicional, feito com anúncios em mídias tradicionais, Youtube, pop-ups em site, outdoors e banners nas ruas.
  • Ponto forte: Atingem muitas pessoas ao mesmo tempo.
  • Ponto fraco: Atingem poucos clientes em potencial.

 

  • Nome: Inbound Marketing
  • O que faz? Conhecido como marketing de permissão se concentra em ser encontrado ao invés de buscar clientes.
  • Ponto forte: Oferece uma solução para os problemas dos clientes com base no conteúdo que você criou, ou seja, você irá apontar a sua empresa como a melhor solução e explicar o porquê. Pode conduzir o lead (cliente em potencial) a compra e fidelização.
  • Ponto fraco: Depende intrinsicamente de um SEO bem estruturado e conteúdo original. Não basta apenas anunciar, não se pode copiar nenhum conteúdo, é repetitivo e exige a criação de novas abordagens sobre assuntos já tratados.

 

  • Nome: Marketing de conteúdo
  • O que faz? Produz conteúdo relevante na internet sem focar nas vendas.
  • Ponto forte: Demonstra experiência e autoridade no assunto, aumenta o tráfego orgânico (acessos espontâneos) do seu site.
  • Ponto fraco: Demanda bastante tempo para pesquisa e construção de conteúdo autoral sem focar nas vendas.

 

  • Nome: Marketing Promocional
  • O que faz? Motiva o consumidor a tomar a decisão de consumir seu produto ou serviço.
  • Ponto forte: Sorteios, concursos e também pode disponibilizar amostras grátis.
  • Ponto fraco: Depende do engajamento do público, quanto mais complicado foi regulamento menos participação haverá. Relativo as amostras grátis elas também não garantem que o cliente irá aprovar a qualidade do produto ou serviço ou que irá contratá-lo posteriormente.

 

  • Nome: Marketing de Guerrilha
  • O que faz? Uma estratégia que chame atenção de um grande número de pessoas para a sua marca
  • Ponto forte: Utiliza o imobiliária urbano (ônibus, bancos de praça, pontos de ônibus, adesivos internos no metrô, etc) aliado as redes sociais e consegue grande evidência.
  • Ponto fraco: Dependendo de como a estratégia for adotada as pessoas podem se lembrar mais da ação do que da sua marca em si. É preciso focar bem em evidenciar o seu nome, não só a ação.

 

  • Nome: Marketing de Proximidade
  • O que faz? Usa tecnologia de geolocalização dos smartphones para enviar anúncios aos usuários que realizam buscas por produtos ou serviços que a sua empresa oferece.
  • Ponto forte: Conecta e atraí consumidores que não conheciam a sua empresa.
  • Ponto fraco: Nem sempre quando uma pessoa busca por um produto na internet está querendo comprá-lo e a publicidade nesse caso pode ser muito invasiva.

 

  • Nome: Mobile Marketing
  • O que faz? Aposta em estratégias voltadas para alcançar os consumidores por meio dos seus smartphones.
  • Ponto forte: Utiliza SMS, anúncios digitais, jogos e aplicativos para chamar atenção na web.
  • Ponto fraco: Chamar atenção de muita gente não garante as vendas para um nicho especifico. Com os celulares em mãos as pessoas pesquisam por muitas coisas, nem sempre querem ou podem comprar todas elas.

 

  • Nome: Marketing de performance
  • O que faz? Verifica o desempenho das campanhas de marketing e desenvolve estratégias com base na performance de cada uma.
  • Ponto forte: Pode utilizar as métricas para detectar os sucessos e ações que necessitam de ajuste.
  • Ponto fraco: Necessita de uma pesquisa séria e aprofundada para maximizar o ROI (Retorno sobre o Investimento) e evitar gastos desnecessários.

 

  • Nome: E-mail Marketing
  • O que faz? Cria ações para entregar publicidades a uma base de contatos.
  • Ponto forte: Estreita o relacionamento entre a empresa e o cliente.
  • Ponto fraco: Necessita de uma base de clientes, e quando não há geralmente é proveniente de listas compradas. Dependendo de onde essa lista de contatos foi obtida não irá atingir o seu público-alvo, poderá ser classificado com spam e prejudicará a sua empresa.

 

  • Nome: Vídeo Marketing
  • O que faz? Cria conteúdos envolventes no formato de vídeo.
  • Ponto forte: Ajuda a divulgar a marca, estreitar o relacionamento com o cliente, pode ser usado para apresentar instruções, depoimentos e eventos da sua empresa.
  • Ponto fraco: Depende de filmagens bem-feitas e dispositivos móveis para ser contemplado.

 

  • Nome: Marketing multinível
  • O que faz? Cria uma cadeia de conexões para recrutar novos clientes.
  • Ponto forte: Envolve comissões para os vendedores, motivando-os a vender mais para receber mais vantagens pessoais.
  • Ponto fraco: Devido a algumas empresas que estão queimadas no mercado, ficou conhecido como “marketing de pirâmide” onde os colaboradores tentam escalar, mas acabam nunca chegando no topo prometido.

 

  • Nome: Marketing de afiliados
  • O que faz? Estabelece parcerias online entre a sua empresa e outras empresas.
  • Ponto forte: A rede de contatos é utilizada para promover o seu website.
  • Ponto fraco: Depende que o acesso seja realizado em outras páginas, ligado ao seu website e que o cliente efetua a compra para fornecer os benefícios a quem anuncia. Como o trajeto é muito grande poucos sites e blogs topam estabelecer esse tipo de parceria se não oferecer benefício mútuo.

 

  • Nome: Marketing B2B
  • O que faz? Significa literalmente Business to business, ou seja, quando uma empresa, vende diretamente para outra empresa.
  • Ponto forte: Correlaciona estratégias de branding (gestão de marca) e customer success (torna seu cliente o mais bem-sucedido possível) para criar estratégias que façam a empresa crescer com ajuda do seu negócio.
  • Ponto fraco: Exige esforços diretos do marketing aliando todas as estratégias para oferecer ao cliente realmente o que há de melhor.

 

  • Nome: Marketing B2C
  • O que faz? Envolve diversas estratégias de marketing digital para tentar alcançar o consumidor.
  • Ponto forte: Voltado para o consumidor final.
  • Ponto fraco: É mais amplo, geralmente vem acompanhado de serviços que você não precisa, por isso é necessário muito investimento em pesquisa para evitar o uso desnecessário de recursos da sua empresa.
Fechar Menu
1
Olá, podemos te ajudar?
Powered by