R. Conselheiro Araujo, 434 - Sala 11 - Curitiba - PR (41) 3026-0500

Erros comuns ao escolher entre marketing online e offline

Erros comuns ao escolher entre marketing online e offline

Vamos supor que você seja o Sr. Adamastor, que tem uma borracharia no interior do Paraná, recebeu uma herança generosa e resolveu utilizá-la para realizar seu maior sonho: aumentar as vendas e tornar o seu negócio estadual.

Se antigamente o sr. Adamastor podia jogar pregos e tachinhas nas ruas próximas as suas unidades de borracharia e esperar que os pneus furassem, hoje ele não pode mais fazer isso.

Contudo, ele pode procurar uma agência de publicidade para auxiliá-lo a realizar mais vendas. Chegando lá, eles propõem para o Sr. Adamastor outra estratégia igualmente inconveniente aos pregos e tachinhas: o outbound marketing.

Trata-se de um serviço digital que interrompe o que as pessoas em atividades que estão sendo realizadas para tentar vender um produto. Sabe quando você está assistindo um vídeo e de repetente brota uma publicidade de algo que você nunca vai comprar? Então.

Outro exemplo de como o marketing pode ser mal aplicado é relativo ao crescimento digital de algumas empresas. A não ser que você tenha algo grande como a Netflix, te dizemos de forma segura: Não vale a pena investir fora da web para captar clientes na web.

“Ah, mas por que não se vejo tantos outdoors com anúncios?” Para responder a essa pergunta vamos recorrer a outro exemplo de falha clássico do marketing: o QR code. Alguns anos atrás o QR Code se tornou febre, todo o lugar tinha um disponível.

No começo algumas pessoas até tentavam engajar, baixar o aplicativo e participar, porque era novidade, mas com o passar do tempo o engajamento foi ficando cada vez menor. Alguma ideia de por que isso aconteceu?

Isso ocorreu porque a ação depende muito de o cliente estar disposto a interagir com o código anúncio, e, com um cotidiano cada vez mais corrido, nem sempre as pessoas têm tempo para verificar esse tipo de publicidade, que acabou fadada ao fracasso.

Independente do seu produto ou serviço, o foco da sua empresa deve ser sempre oferecer soluções para os problemas dos clientes, não ainda mais complicações. Do mesmo modo, ao procurar uma agência é preciso saber quais estratégias se adequem melhor ao seu público.

Eles vão conseguir interagir com um aplicativo ou serviço? Possuem conhecimento para aproveitar essa estratégia? Você saberá como dar suporte caso algo não funcione? Terá alguém disponível para sanar as dúvidas?

Se você tem uma loja virtual, por exemplo pode ter a possibilidade de entregar para o todo o país, mas a sua empresa possuí realmente a logística adequada para isso? Pessoas capacitadas para atender a demanda digital?

Ou melhor, se você fizer uma promoção em um desses aplicativos de desconto coletivo. É preciso analisar primeiramente se você consegue atingir a meta de clientes o suficiente para obter lucros abaixando o preço.

Posteriormente, se o número X de pessoas conseguirem adquirir um cupom de desconto, você conseguirá entregar os X produtos solicitados no prazo estabelecido? Se a resposta for não, é importante entender que o nível de insatisfação pode levar a dezenas de queixas em sites de reclamações, que podem acabar prejudicando futuramente a sua empresa e impedindo novos negócios.

Quando as pessoas buscam por uma empresa online e não conhecem seu nome, costumam se respaldar nas opiniões que encontram dos outros usuários a respeito. Dificilmente algum erro feito na web é esquecido, então esteja atento antes de adotar esse tipo de estratégia.

Fechar Menu
1
Olá, podemos te ajudar?
Powered by