R. Conselheiro Araujo, 434 - Sala 11 - Curitiba - PR (41) 3026-0500

As principais estratégias erradas no Outbound marketing

As principais estratégias erradas no Outbound marketing
  • Prospecção ativa em empresas: A prospecção ativa é quando você interrompe uma ação natural do seu lead (cliente em potencial) para que ele saiba da existência da sua empresa. É literalmente como dizer: “Oi tô aqui, olha pra mim!”. As chances dessa ação não dar em nada são imensas, seja porque ele não quer ou não pode comprar, ou porque o produto ou serviço simplesmente não tem utilidade para ele no momento;
  • Flyers: Os flyers são aqueles folhetinhos que você perde tempo imprimindo e distribuindo na rua. É quase um convite para que alguém jogue no lixo para você. Se a pessoa for educada coloca no bolso para ler depois, se não joga no chão mesmo. É o seu dinheiro sendo conduzido para o lixo. Talvez algumas até leiam os seus conteúdos, mas a maioria só irá descarta-los assim que possível. Afinal, ninguém quer carregar papel;
  • Outdoors: Sem dúvidas atingem muitas pessoas. Mas será MESMO que todo mundo que vê o anúncio vai ser tocado por ele e tomará uma ação de compra após? Não, né. E por mais que você invista em localização, para tentar segmentar melhor o público, a efetividade pode não ser tão boa quanto uma ação direcionada;
  • Malas diretas: Tão chatos quanto os flyers, só que chegam DIRETAMENTE na casa dos clientes sendo ainda mais invasivos. Geralmente começam a surgir depois de preencher algum cadastro no qual tem o endereço. A única vantagem é que as lixeiras nas casas estão mais próximas. Dificilmente um cliente vai querer comprar algo que chegou em casa sem avisar. E pelo amor de Deus gente, não adianta mandar dezenas de amostras grátis! Falaremos mais sobre isso em outro tópico;
  • Telemarketing: Ligar para casa de uma pessoa costumava ser invasivo quando os telefones eram apenas da residência, mas atormentar o cliente pelo celular chega a outro nível. Com a evolução da tecnologia os smartfones passaram a ser quase uma extensão corporal, logo ligar para alguém é como cutucar! Se você ficar oferecendo um produto VÁRIAS VEZES por dia não vai fazer com que o cliente RESOLVA magicamente aceitar, respeite a decisão dele de não querer;
  • Adwords, adsense: São os anúncios no Google, você pode optar por comprar palavras, e aparecer me destaque quando buscarem por um termo, ou colocar anúncios nos sites ligados. O erro aqui ocorre quando as pessoas fazem clique baits (iscas), você joga uma palavra sobre o que a pessoa busca, mas não responde a dúvida dela. Antigamente isso era muito pior, mas atualmente a ferramenta de busca criou mecanismos inteligentes que impedem que páginas inúteis continuem no topo, ou seja quando os usuários passam poucos segundos nelas, porque não encontraram o que queriam, essas páginas perdem a relevância nas pesquisas;
  • Propaganda de TV e rádio: Apresentam o mesmo problema do Outdoor, atingem muitas pessoas de uma vez, mas é bem complicado segmentar. É claro que você pode optar por programas que sejam mais ligados ao seu setor, contudo isso não garante que quem está assistindo irá comprar. Sem contar o investimento financeiro.
Fechar Menu
1
Olá, podemos te ajudar?
Powered by