R. Conselheiro Araujo, 434 - Sala 11 - Curitiba - PR (41) 3026-0500

Tá, mas o que realmente funciona no Outbound Marketing?

Tá, mas o que realmente funciona no Outbound Marketing?

Publicidade direcionada. Apesar da maioria das ações acima apontadas resultarem em desperdício de recursos, a publicidade direcionada ainda costuma trazer bons resultados. Mas como isso é feito? Pesquisando. E advinha? Não será a agência quem vai fazer essa pesquisa para você! Por isso, cabe a sua empresa conhecer bem o mercado antes de investir em publicidade.

O maior erro dos empresários é não conhecer o seu próprio negócio, muitos deles sabem para que os produtos ou serviços foram criados a princípio, mas poucos entendem sua real utilidade a longo prazo, afinal quando criamos uma invenção a utilidade dela foge do controle. Quer um exemplo claro disso? O plástico bolha.

O plástico bolha foi criado como papel de parede, e foi um completo fracasso para esse fim. No entanto, descobriu-se que esse invólucro era muito útil para transportar pequenos objetos, pois protegia contra impactos diretos. Além disso, ainda há pessoas que simplesmente adoram estourar as bolinhas deles. Os criadores desse produto pensaram nisso ao elaborá-lo? Claro que não.

Você precisa entender os seus clientes, como eles usam o seu produto/serviço, para só então tentar alcançar mais clientes que usem da mesma forma. E muitas vezes as pessoas não entendem que o uso de um serviço ou produto pode estar associado a um hábito. Outro exemplo.

Joãozinho trabalha próximo a uma padaria que fica no meio do trajeto entre a sua casa, trabalho e uma academia. Depois de fazer várias visitas à padaria Y no final da tarde, e ganhar alguns quilinhos, João começou a notar que estava na hora de perder aquele peso extra. Então ele passou a procurar uma academia próxima ao trabalho para poder ir na hora do almoço, encontrando a academia X.

Ele foi duas vezes à padaria Y, mas não encontrou nada que pudesse consumir. A padaria perdeu um cliente porque João mudou seus hábitos alimentares e ela não oferecia opções de energéticos. Joãozinho passou a frequentar a academia X e contratou um serviço de Energy Drinks no local, com o qual ele se hidratava antes e depois dos treinos, e acabou consumindo cada vez menos guloseimas por ansiedade.

Como a padaria Y poderia ter mantido João? Observando os estabelecimentos ao redor e criando drinks saudáveis no menu. Outra sugestão seria atuar oferecendo opções de pontos de fidelidade, que pudessem ser trocados por garrafas de chá, água e shakeiras, que fariam com que Joãozinho acabasse se lembrando da marca, mesmo depois de parar de frequentá-la de forma assídua.

A academia X não pode garantir o engajamento do João apenas por se matricular, mas criando drinks eles conseguem aumentar o valor da assinatura de Joãozinho sem precisar investir muito, afinal a máquina de drinks é automática.

Com certeza academia X percebeu depois de pesquisar que os clientes iam nas lojas ao redor para adquirir drinks pré e pós treino e resolveu introduzir esse método. Uma associação que seria pouco provável de se fazer sem pesquisa, afinal a academia oferece um serviço, não produtos para consumo. Conseguiu entender a importância da pesquisa?

Fechar Menu
1
Olá, podemos te ajudar?
Powered by